PRODUTOS

MEDICAMENTO MANIPULADO

 

Os medicamentos manipulados são “personalizados” de acordo com a necessidade de cada paciente, ou seja, ele pode ser feito em forma de cápsulas, shakes, gomas de colágeno, cremes, chocolates ou pós-aromatizados.

Para comprar um remédio na farmácia de manipulação, é preciso ter uma receita médica que indique o princípio ativo necessário e a dose recomendada, assim o farmacêutico irá preparar o fármaco com a concentração exata e no tempo certo do tratamento, evitando a automedicação.

Outro diferencial é a associação de medicamentos, pois há doenças que precisam ser tratadas com vários remédios ao mesmo tempo.

– Dependendo do quadro clínico do paciente, o médico pode prescrever um medicamento manipulado que possibilite a associação de várias substâncias, impedindo que o paciente tome vários simultaneamente- afirma a farmacêutica.

 

Ainda está com dúvida sobre o consumo dos manipulados? Veja quais são as suas diversas vantagens:

 

Baixo custo

Segundo dados do Conselho Regional de Farmácia de São Paulo (CRF-SP), os medicamentos manipulados são 50% mais baratos do que os industrializados e apresentam as mesmas qualidades.

– Eles não preveem desperdícios. Já os medicamentos industrializados têm custos altos devido à pesquisa e desenvolvimento de novos remédios- revela Adriana.

Segurança

Toda matéria prima utilizada na farmácia de manipulação vem acompanhada de um laudo de análise do fabricante. Além disso, os estabelecimentos geralmente possuem o seu laboratório próprio de controle de qualidade, garantindo a segurança das fórmulas.

Medicamentos não disponíveis no mercado

Alguns tratamentos de doenças raras requerem medicamentos que não existem mais no mercado. Nesses casos, o médico pode recorrer à farmácia de manipulação, pois se a farmácia tiver a matéria-prima do medicamento, poderá manipular o remédio para o tratamento.

A dose certa para cada pessoa

Somente na farmácia de manipulação, sob prescrição, é possível preparar doses diferenciadas que atendam às necessidades de cada paciente. A farmacêutica alerta para o uso individual do manipulado e o cuidado com a automedicação.

– Mesmo que o medicamento seja eficaz, nunca o indique para outra pessoa, pois ele foi formulado para atender as suas necessidades específicas. E não tome remédio por conta própria, a automedicação pode trazer consequências graves para a saúde- alerta.

Tipos de medicamentos manipulados

O medicamento pode ser manipulado sob diversas formas: em envelope, cápsulas, shakes, chocolate, comprimidos, pastilhas efervescentes, balas de colágeno e, dependendo do caso, podem ser feitos em gel, sabonete ou loção. Se um medicamento industrializado só existe em cápsulas e o paciente tem dificuldade de engoli-lo, na farmácia de manipulação ele poderá ser feito em xarope.

Rótulo personalizado

No rótulo dos medicamentos contém dados do paciente, evitando riscos como a troca ou o consumo inadequado por outras pessoas.

Atenção na hora de escolher a farmácia!

Independente do tratamento, qualquer pessoa pode usufruir dos medicamentos manipulados. Fique atento e escolha uma boa farmácia para manipular o seu remédio:

-Observe se a farmácia oferece assistência farmacêutica e se o farmacêutico está presente. Ele é o profissional habilitado a dar orientação correta sobre seu medicamento

-Verifique a higiene do estabelecimento e de seus funcionários

– Exija pontualidade na entrega do seu medicamento

FITOTERAPICO

 

Qual a diferença entre planta medicinal e fitoterápico?

As plantas medicinais são aquelas capazes de aliviar ou curar enfermidades e têm tradição de uso como remédio em uma população ou comunidade. Para usá-las, é preciso conhecer a planta e saber onde colher e como prepará-la. Quando a planta medicinal é industrializada para se obter um medicamento, tem-se como resultado o fitoterápico. O processo de industrialização evita contaminações por micro-organismos, agrotóxicos e substâncias estranhas, além de padronizar a quantidade e a forma certa que deve ser usada, permitindo uma maior segurança de uso.
Os fitoterápicos industrializados devem ser registrados no ANVISA/Ministério da Saúde antes de serem comercializados.

 

O que não é considerado fitoterápico?

Chá. No Brasil, os chás são enquadrados como alimentos.

Homeopatia. Os medicamentos homeopáticos são produzidos de forma diferente dos fitoterápicos, através de dinamização. Neste tipo de terapia, são também utilizados, além de princípios ativos de origem vegetal, outros de origem animal, mineral e sintética.

Partes de plantas medicinais. As plantas medicinais são consideradas matérias primas a partir do qual é produzido o fitoterápico. As plantas medicinais podem ser comercializadas no Brasil em farmácias e ervanárias, desde que não apresentem indicações terapêuticas definidas, seja feito um acondicionamento adequado e declarada sua classificação botânica.

 

As farmácias de manipulação podem produzir fitoterápicos?

Sim. As farmácias de manipulação têm permissão para manipular medicamentos e entre eles, os fitoterápicos, lembrando que os produtos dessas farmácias não são registrados na Anvisa. Um fitoterápico pode ser manipulado se for prescrito em uma receita ou se sua fórmula constar na Farmacopeia Brasileira, no Formulário Nacional ou em obras equivalentes.

 

Os fitoterápicos podem fazer mal à saúde?

Como qualquer medicamento, o mau uso de fitoterápicos pode ocasionar problemas à saúde, como por exemplo: alterações na pressão arterial, problemas no sistema nervoso central, fígado e rins, que podem levar a internações hospitalares e até mesmo a morte, dependendo da forma de uso.

 

Quais as precauções que devem ser tomadas em relação aos fitoterápicos?

Os cuidados são os mesmos destinados aos outros medicamentos:

* Buscar informações com os profissionais de saúde;

* Informar ao seu médico qualquer reação desagradável que aconteça enquanto estiver usando plantas medicinais ou fitoterápicas;

*-Observar cuidados especiais com gestantes, mulheres amamentando, crianças e idosos;

* Informar ao seu médico se está utilizando plantas medicinais ou fitoterápicas, principalmente antes de cirurgias;

* Adquirir fitoterápicos apenas em farmácias e drogarias autorizadas pela Vigilância Sanitária;

* Seguir as orientações da bula e rotulagem;

* Observar a data de validade – Nunca tomar medicamentos vencidos;

* Seguir corretamente os cuidados de armazenamento;

* Desconfiar de produtos que prometem curas milagrosas.

FLORAIS DE BACH

 

As essências Florais de Bach são extratos líquidos naturais e altamente diluídos, que se destinam ao equilíbrio dos problemas emocionais, operando em níveis vibratórios sutis e harmonizando a pessoa no meio em vive.
O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções do paciente buscando a consciência plena do seu mundo interior e exterior. Problemas de saúde frequentemente têm suas origens nas emoções; sentimentos que foram persistentemente reprimidos irão emergir, primeiro, como conflitos mentais e, depois, como doença física.

Com os florais poderemos tratar de estresse, depressão, pânico, desespero, sentimentos de culpa, cansaço físico ou mental, solidão, tristeza, indecisão, sensibilidade excessiva, ciúmes, ódio, mágoas, todos os tipos de medos, ansiedades e preocupações etc.

Também podemos administrar os florais para animais e plantas, com resultados animadores e, muitas vezes, surpreendentes.

Acondiciona-se até, no máximo, seis Essências Florais de Bach num único frasco de vidro âmbar (de 30 ml) com conta-gotas.

 

Parte inferior do formulário

Cada um dos 38 remédios descobertos pelo Dr. Bach representa e serve para equilibrar uma determinada característica ou estado emocional específico. Para selecionar os remédios que você necessita, pense que tipo de pessoa você é e de que forma se está sentindo.

Para mais informação sobre cada um dos remédios nessa lista

Pode também lhe ser útil ler alguns casos de estudo antes, para entender como funcionam os remédios do sistema floral de Bach.

 

Agrimony – tortura mental detrás de um rosto alegre

Aspen – medo de coisas desconhecidas

Beech – intolerância

Centaury – dificuldade em dizer não

Cerato – falta de confiança nas suas próprias decisões

Cherry Plum – medo de perder o controle

Chestnut Bud – incapacidade de aprender com seus próprios erros

Chicory – egoísmo e possessividade

Clematis – sonhar com o futuro sem trabalhar no presente

Crab Apple – remédio para limpeza e para o sentimento de auto-rejeição por desagrado

Elm – sensação de sobrecarga por excesso de responsabilidade

Gentian – desanimado à primeira/depois de uma contrariedade

Gorse – desespero

Heather – excesso de preocupação por si mesmo, personalidade egoísta

Holly – ódio, inveja e ciúme

Honeysuckle – viver no passado

Hornbeam – sentimento de cansaço só de pensar em fazer algo

Impatiens – impaciência

Larch – falta de confiança

Mimulus – medo de coisas conhecidas e timidez

Mustard – tristeza profunda e sem motivo aparente

Oak – para a pessoa impassível e persistente que avança e aguenta além do limite das suas capacidades

Olive – exaustão após esforço mental ou físico

Pine – culpa

Red Chestnut – excesso de preocupação pelo bem estar de seus seres queridos

Rock Rose – terror e medo paralisante

Rock Water – auto negação e repressão por rigidez

Scleranthus – dificuldade de optar entre varias possibilidades

Star of Bethlehem – choque

Sweet Chestnut – angustia mental extrema, quando todas as hipóteses parecem esgotadas e a pessoa não vê luz ao fundo do túnel

Vervain – excesso de entusiasmo

Vine – excesso de autoridade, despotismo

Walnut – proteção de influências indesejadas e em caso de mudança

Water Violet – para equilibrar personalidades reservadas e distantes

White Chestnut – pensamentos indesejados e incontroláveis, conflitos mentais

Wild Oat – dúvidas sobre que direção tomar na vida

Wild Rose – sensação de andar à deriva, apático e resignado

Willow – auto comiseração e ressentimento

O sistema original também inclui um remédio de emergência. Outras combinações previamente misturadas são oferecidas por alguns produtores de florais. Porém, elas tendem a ser ineficientes uma vez que representam misturas generalizadas que não são preparadas individualmente.

SUPLEMENTOS

 

Os suplementos alimentares são substâncias químicas produzidas especialmente para complementar a alimentação. Eles podem ser compostos de todas as vitaminas e minerais e por isso são conhecidos como Multivitamínicos ou podem conter apenas determinadas substâncias, como ocorre no caso da Creatina e da Spirulina, que são indicados especialmente para quem pratica algum tipo de atividade física.

NATURAIS

 

Os produtos naturais são todos aqueles produtos isentos de ingredientes químicos como corantes, conservantes, aromas e sabores artificiais. Esses tipos de produtos podem não apresentar uma redução significante no índice de gorduras e calorias, mas são muito mais saudáveis do que os produtos normais, já que não apresentam nenhuma química em sua composição que podem dar reações alérgicas e ainda prejudicar o funcionamento do nosso organismo.

A ingestão desses produtos pode ajudar a retardar o tão temido processo de envelhecimento, porque não possuem agentes liberadores de radicais livres como a maioria dos produtos químicos e são muito mais saborosos e nutritivos

DEFINIÇÃO DE ALIMENTO DIET

 

Alimento diet. é aquele produzido industrialmente e que apresenta ausência ou quantidades bem reduzidas de determinados nutrientes (carboidratos, açúcar, sal, lactose, gordura). 

Características dos alimentos diets 

Nem sempre os alimentos diet. apresentam baixas calorias. São criados para indivíduos que devem seguir uma dieta baseada na restrição ou redução de um determinado nutriente. Exemplo: uma pessoa com problema de taxas altas de triglicérides, deve consumir alimentos com pouca quantidade de carboidratos.

DEFINIÇÃO DE ALIMENTO LIGHT

 

Alimento light é aquele produzido com redução de, no mínimo, 25% do valor calórico em comparação ao produto tradicional. São também considerados light àqueles que reduzem, no mínimo, 25% de determinados nutrientes (gordura saturada, gordura total, açúcar, colesterol, sódio). Exemplo: uma pessoa obesa, que precisa perder peso, deve optar por produtos light com baixos teores de gorduras e açúcares.

Importante: antes de comprar e consumir um produto, é importante verificar a tabela nutricional (obrigatória nas embalagens). Escolha de acordo com suas necessidades e restrições alimentares. No caso de dúvida, consulte um médico ou nutricionista.

 

CHÁ

 

O chá, depois da água, é a bebida mais consumida do mundo. Na Ásia, por exemplo, o costume é tomar chá todo dia, a qualquer hora, não importa o clima.

 

Camellia sinensis

Para muitos, o chá ainda é sinônimo de remédio. Quem é que não tem a lembrança da mãe preparando o chá para curar uma gripe ou uma dor de barriga? Pois é. Talvez por isso muita gente torça o nariz quando o assunto é chá.

Mas existe um universo muito encantador, que vai além do remédio. As pessoas precisam descobrir o quanto que o chá pode ser prazeroso, assim como o vinho, cerveja e o café. Descobrir aos poucos seus aromas e sabores é uma experiência fascinante e devagar, pode se tornar um bom hábito.

 

A definição

Com toda certeza, você já deve ter ouvido falar em muitos tipos de chá. O verde e o preto são os mais conhecidos, mas você sabia que todos eles vêm da mesma planta?

O chá é produzido a partir de uma planta, originária da China, chamada Camellia sinensis, uma espécie da família Theaceae. Desta planta se obtém as variedades de chá: branco, amarelo, verde, oolong, preto e escuro. A única diferença entre elas é o processo em que as folhas são expostas, que confere sabor e cor características de cada uma.

Um erro muito comum é considerar chá as diferentes bebidas obtidas a partir de diversas plantas. Na verdade, todas as bebidas que não são feitas a partir da Camellia sinensis são classificadas como infusões ou tisanas. Aqui no Brasil, encontramos uma diversidade delas, como camomila, hortelã, erva cidreira, erva mate, capim limão, hibisco, entre outras.

Ou seja, todo chá é uma infusão, mas nem toda infusão é um chá.

LINHA PET

 

A Farmácia de manipulação Consciência  coloca à disposição da classe Médica Veterinária infinitas possibilidades de formulações no intuito de melhor atender às reais necessidades clínicas dos seus pacientes. Dentre as diversas vantagens que os Manipulados Farmácia de manipulação Consciência   oferecem ao Médico Veterinário e seus pacientes, as mais importantes são:

Personalização do medicamento

Dosagem de acordo com o peso do animal

Associações de medicamentos veterinários e concentrações diferenciadas

Flavorização: adequação dos sabores por espécie

Produção de medicamentos especiais: isentos de açúcar, corante ou conservante

Formulação de produtos não disponíveis comercialmente e off-label use

Redução do estresse do animal e do dono no momento da administração dos medicamentos

 

SAC: (13) 3591-9662
Horário de funionamento:
De segunda à sexta das 8:00 às 18:00 horas
Sábado das 8:00 às 12:00 horas
 (13) 97403-6361
E-mail: administrativoconsciencia@bol.com.br

Produtos
Produtos

Desenvolvido por Ideiafix Computação Gráfica
Produtos

SAC: (13) 3591-9662
Horário de funionamento:
De segunda à sexta das 8:00 às 18:00 horas
Sábado das 8:00 às 12:00 horas
 (13) 97403-6361
E-mail: administrativoconsciencia@bol.com.br

Produtos

Desenvolvido por Ideiafix Computação Gráfica